Porque os bebês finlandeses dormem em berços de papelão

Porque os bebês finlandeses dormem em caixas de papelão

Você colocaria seu recém-nascido para dormir em um berço de papelão? Pois é isso o que muitas mães da Finlândia fazem: seus bebês dormem em um saco de dormir em miniatura dentro de uma caixa.

E a surpresa: acredita-se que esse método é uma das razões pelas quais a Finlândia tem uma das mais baixas taxas de mortalidade infantil do mundo – 2,52 para cada 1.000 nascimentos, menos da metade dos Estados Unidos.

As caixas são fornecidas pelo governo, com a única condição de que a mãe se submeta a um exame pré-natal nos primeiros quatro meses de gravidez. 40.000 caixas são distribuídas todos os anos. Além do “bercinho”, ela inclui roupa de cama e mais outros 50 itens para o bebê, como roupas, meias, casaco, fraldas reutilizáveis, brinquedos e termômetro. As mães que não precisam de todos esses itens podem optar por receber 140 euros em vez disso, ou cerca de R$ 500.

Porque os bebês finlandeses dormem em caixas de papelão-enxoval

O programa começou no final de 1930, quando quase um em cada 10 bebês finlandeses morriam antes de completar um ano. As caixas eram uma forma barata de incentivar as mulheres a realizar o pré-natal. Os berços de papelão também eram uma alternativa segura para os bebês dormirem fora da cama dos pais.

Porque os bebês finlandeses dormem em caixas de papelão-1947

A tradição das caixas se mantém, mas a situação de pais e mães na Finlândia é hoje bem melhor. Há licença maternidade remunerada de 10 meses e uma garantia de que quem decidir dar um tempo no trabalho para ficar em casa com o(a) filho(a) pode voltar para o seu emprego a qualquer momento antes que a criança complete 3 anos.

Fonte: The New York Times (imagem 1 e 2), BBC (imagem 3)

 

Comprando muito com poucos dólares – Depois do Black Friday

Se você está viajando para os Estados Unidos com verdinhas contadas essas dicas podem te ajudar. Antes de ir para qualquer outlet sugiro planejar e fazer a lista do que realmente quer e dar uma pesquisada em sites americanos sobre o valor, comparando-os com o do Brasil. Pode ser que aquele telefone ou tênis bacanudo não compense suas verdinhas. Existem fornecedores no Brasil que ainda têm estoques para vender com valores de câmbio antigo e um pouco mais atrativo.

Compras 1

Imagem: Rafael Castillo

Quando recebo visitas sugiro, SEMPRE, (nessa ordem de lojas) começar pela Ross stores.com

É um pouco trabalhoso porque tem o fator sorte, de você encontrar uma loja organizada e recheada de produtos, e o fator paciência: ter que buscar de arara em arara o que é do seu gosto. Se der sorte vai encontrar marcas excelentes de roupa, calçado e itens de casa, decoração, cama, mesa, banho e malas para colocar tudo isso, pelos melhores preços. O problema aqui é que nem sempre você encontra toda a numeração de modelos de roupas e calçados. É o que tiver exposto e ponto.

Regra que também vale para a segunda loja da minha lista: a Burlington coatfactory.com. Muitas têm a seção Baby Depot, com opções para fazer um enxoval de bebê completo, e brinquedos excelentes por $5 verdinhas. Burlington é mega loja, reserve pelo menos umas 3 horas para poder olhar com calma tudo que tem lá dentro.

Burlington

Imagem: Mike Mozart

Marshalls, Home Goods e TJ Maxx pertencem ao mesmo grupo. Produtos excelentes por preços camaradas. Se depois de visitar essas lojas você ainda não encontrou todos os itens da lista, vá para o outlet mais próximo com cupons em mãos. Se você se cadastrar no site do Premium, por exemplo, recebe um livrinho de descontos. O problema desse livrinho é que grande parte dos descontos precisam atingir um valor mínimo de compra, nem sempre precisa-se gastar $75 na Gap ou Levis para ter 20% de desconto. Outra opção, às vezes muito melhor, é dar um Google com o nome da loja que você gosta/quer e a palavra cupom. Dá para encontrar descontos sem valor mínimo de compra.

E para conhecer as lojas estilo $1.99 dos Estados Unidos procure: Dollar Tree, 99C, Dollar General e Family Dollar.

Boa sorte e boas compras!