Terrário de suculentas passo a passo

Sugestão para uma tarde de diversão com as crianças: fazer um terrário de suculentas. Sim, faz sujeira (como comprovam as fotos abaixo), mas a brincadeira é uma delícia e o resultado é lindo!

E como não amar os terrários de suculentas? Além da montagem ser uma brincadeira super divertida, a manutenção é simples – só precisa de um pouquinho de água uma vez por semana. E como não tem pratinhos, não vira maternidade de mosquitos do mal. Não dá para querer vasinho melhor!

Para fazer seu terrário (ou sua bagunça), você vai precisar de:

  • 1 vaso de vidro ou acrílico no formato e tamanho de sua preferência
  • Álcool
  • Pedaços de carvão
  • Pedriscos
  • Terra vegetal
  • Areia
  • Suculentas
  • Brinquedos em miniatura (opcional)

Comece limpando seu vaso com álcool e deixe secar. Com o vaso já limpo, faça uma camada com pedriscos.

Terrario-base de pedras

Em seguida, faça uma pequena camada com os pedaços de carvão.

Terrario-carvão

Complete o vaso com uma mistura de 1 parte de areia para 2 partes de terra vegetal e suas suculentas.

Finalize com os pedriscos.

Caso queira dar um toque lúdico para seu vaso, você pode colocar um brinquedo. Dinossauros ficam ótimos! Eu fiz uma brincadeira e coloquei um boneco de neve Olaf, que aqui está realizando seu sonho de passar as férias de verão em um lugar bem quentinho 🙂

Processed with Rookie Cam

Como falei antes, as suculentas não exigem muitos cuidados. Observe sua plantinha: se a água for pouca, as folhas das suculentas ficam murchas, se a água for muita, elas tendem a cair. Se observar alguma dessas alterações na folhagem, vá ajustando a quantidade de água. Vale também colocar uma colher de chá de adubo NPK 10-10-10 uma vez por mês para manter seu vaso sempre lindo.

Elas não sabem cozinhar

Nem eu, mas dou meus pulos. E no final do ano, que já foi embora, precisei encarnar a CHEF! Na verdade essa é uma das funções diárias, mas para o arroz e feijão, em eventos nobres e de grande porte preferia que as mais experientes tomassem as rédeas. Bem, a diversão já começou no supermercado, dia 23 de dezembro! Já havia feito minha lição de casa e por causa do anjo Google sabia o tipo de carne que queria, quantas libras, pouca gordura, etc…

Mercado cheio, como nunca vi antes na história desse país. Lá estou na fila do açougue aguardando minha vez e uma senhorinha, toda arrumadinha de salto e maquiagem, pede uns filés. O moço pergunta: – A senhora quer “prime” ou natural?

Ela responde: – Ah, tanto faz. Qualquer um tá bom. Qual você acha melhor?

Não fiquei para o final da história porque chegou minha vez de ser atendida, mas pelo diálogo que escutei e pela expressão facial da senhora, o Natal e o Dia de Ação de Graças, devem ser os únicos momentos do ano em que ela vai para cozinha. Minha percepção de pouco mais de quatro anos de América diz que essa é a realidade da maioria por aqui, cozinhar do zero como, naturalmente, fazemos no Brasil é coisa rara. E quando acontece são os homens que lideram a cozinha no dia a dia da família. Não é a toa que estou no país do fast food. Mal sabem elas a delícia que é sentir o cheiro do alho e da cebola dourando na panela!

Elas não sabem cozinhar

Engraçado como herdamos certas atividades familiares, mesmo sem querer, até pouco tempo atrás eram as mulheres experientes da minha família que ficavam na liderança do cardápio de festas de final de ano. Desta vez foi meu debut, minha contribuição para o cardápio natalino foi Costela! Além de consultar o Google, aprendi que cozinheiras meia-tijela como eu, antes de colocar na panela qualquer refeição, precisam também fazer uma oração. Dica de uma amiga, esposa de pastor, tem que pedir à Deus para ficar bom.

Se você se inspirar e também quiser fazer a minha primeira receita de Natal, o passo a passo em inglês está aqui:

http://www.foodnetwork.com/recipes/paula-deen/foolproof-standing-rib-roast-recipe3.html

A próposito, a Costela até que ficou boa, mas a concorrência com outros pratos natalinos deliciosos foi forte! Apesar das 24h marinando no tempero ficou um pouco sem sal, mas isso foi fácil de resolver.

 

Imagem: Cesar Kodama

Mousse de limão siciliano: chique e muito, muito fácil!

Para mim receita boa é receita prática. E essa é assim: deliciosa, fácil e super rápida. Essa mousse de limão siciliano é escolha certeira para quando você tem pouco tempo (ou pouca vontade) de preparar uma sobremesa mais elaborada. Mas o efeito não deixa a desejar, porque ela é muito chique!

Para preparar, você vai precisar de:

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite (eu uso a versão “leve”)
  • 2 limões sicilianos

Ingredientes mousse de limão siciliano

Comece tirando algumas raspas da casca do limão. Reserve. Depois, bata o leite condensado, o creme de leite e o suco dos limões no liquidificador. Bata até ficar homogêneo, coloque no recipiente em que for servir e decore com as raspas de limão. Leve para a geladeira por cerca de 2 horas.

O limão siciliano é menos ácido que a variedade tahiti, além de ter uma casquinha super perfumada. Usando esse tipo de limão, sua sobremesa ficará mais suave e delicada. Uma delícia!

Mousse de limão siciliano

4 passos para transformar a casa para o Dia das Mães

Alguns detalhes transformam um dia comum em um dia de festa: uma decoração especial, um cardápio mais sofisticado, caprichar na roupa… E o Dia das Mães pede para ser um dia assim, com cara de festa! Principalmente quando nossa casa é o palco escolhido para a comemoração. Que tal investir em alguns detalhes que vão transformar sua casa para esse dia tão especial?

Passo 1: flores

Poucas coisas têm tanto poder de transformar a imagem e o astral da casa como flores! Para o Dia das Mães, escolha opções clássicas e delicadas, como rosas e tulipas, brancas ou cor-de-rosa. Você pode usar vasos tradicionais ou inovar, usando xícaras (com mini-rosas), bules ou mesmo vidros como de palmito. No final, as flores viram presentes para as mães. Ah! Se a comemoração for no jantar, não se esqueça de incluir velas!

Imagens: The Giving Bride e Vintage Rose Brocante

Passo 2: uma bebida especial

Não há no mundo bebida mais festiva que um bom espumante! Além de ser um hit entre as mulheres. E não é necessário reservar o espumante somente para o brinde: uma opção mais seca harmoniza muito bem com pratos leves, como frutos do mar, carnes brancas ou massas com molhos leves ou branco. Já espumantes mais doces casam bem com as sobremesas. Uma opção mais suave é preparar uma mimosa: basta misturar o espumante com suco de laranja.

mimosa

Imagem: Damn Delicious

Passo 3: mesa bem posta

Se a opção for uma refeição tradicional, com todos sentados à mesa, capriche na escolha da toalha e das louças, use guardanapos bonitos e troque os copos por taças. Já se a ideia for fazer algo mais informal, monte uma bancada de apoio caprichada, usando as flores do passo 1.

Imagens: Cush and Nooks e Heather Bullard

Passo 4: o cafezinho que fecha a festa com chave de ouro

Se você tem um vaporizador que faça uma boa espuma de leite, arrisque seus dotes de barista e tente fazer um desenho no café. Se você não tem o vaporizador (ou grandes dotes artísticos), faça um cappuccino com um coração. O vídeo abaixo mostra como fazer, mesmo que você não tenha nenhuma habilidade – e também dá uma ideia de presente para seus convidados. Lembre-se de comprar alguns bombons especiais para acompanhar o café.

Feliz Dia das Mães!

Desejo de Dia das Mães: café da manhã na cama!

Uma boa noite de sono virou um sonho distante desde o nascimento do meu segundo filho. Com duas crianças pequenas em casa, dormir uma noite toda ou ficar na cama até mais tarde se transformou em um luxo! Por isso, pensando no que eu gostaria ganhar de presente de dia das mães, imaginei algumas horinhas a mais de sono e um belo café da manhã na cama! Ok, se vier acompanhado de um presentinho eu não vou me incomodar. 🙂

Não precisa de muita coisa para fazer um café da manhã caprichado. Minhas sugestões podem facilmente ser feitas pelo marido com a ajuda das crianças. Ou faça você mesma, leve para a cama e aproveite seu dia!

Café na cama

Imagem: Such Pretty Things

Bebidas

Aqui, vale o tradicional: leite, café, chá, iogurte, suco de laranja ou outro de sua preferência. Uma dica é colocar uma rodela de limão ou laranja para deixar o chá mais perfumado e saboroso. E troque o iogurte tradicional por uma versão de iogurte grego (muito mais gostoso).

Salgados

Não precisa de muito, uma opção de pão é o suficiente. Para acompanhar, um queijo caprichado ou geleia. Ovos mexidos também são ótimos: tem cara de café da manhã especial! E a preparação é super fácil: quebre os ovos em uma frigideira já quente com um pouco de manteiga e mexa até que esteja cozido. Um toque de requeijão deixa os ovos ainda mais gostosos. O segredo é não cozinhar demais, para não perder a cremosidade.

Doces

Café da manhã pede frutas. Para caprichar, vá de mamão com um pouquinho de linhaça ou chia, banana picada com aveia ou salada de frutas. Mas se quiser um docinho de verdade, um bolo é uma ótima pedida.