Preciso mudar de cidade. E agora?

PRECISO MUDAR DE CIDADE E AGORA 1

Muitas profissionais viajam constantemente, sua rotina não permite horários fixos de trabalho e precisam em diferentes momentos deixar seus pequenos conviverem com sua ausência por períodos curtos ou prolongados.

Algumas empresas apresentam em sua estrutura filiais em diferentes estados e fazem propostas para as profissionais que se destacam, para assumirem cargos mais estratégicos, com maiores remunerações e benefícios irrecusáveis mas com uma exigência básica: a mudança de cidade.

Mesmo entendendo que esta é uma oportunidade ímpar e sentindo-se muito motivada, quando nos tornamos mães começamos a ponderar muitas coisas não é?

A insegurança quanto ao nosso sucesso no novo desafio existe é claro, mas nosso maior receio é quanto a adaptação da nossa família e principalmente como nosso pequeno reagirá a nova fase.

Antes de qualquer decisão, entenda de maneira clara o que a empresa esperará de você e o que você pode esperar quanto a suporte para esta mudança e as oportunidades para sua carreira a curto, médio e longo prazo. Deixe claro seus pontos de vista e condições.

Avaliar se realmente esta mudança valerá a pena para você e sua família é importante, esta decisão certamente tirará algumas noites de sono!

PRECISO MUDAR DE CIDADE E AGORA 2

Alguns cuidados são importantes neste processo:

– A decisão deve ser tomada em conjunto com seu companheiro(a) e ponderados todos os pontos positivos e negativos;

– Avaliar como ficará a carreira de seu companheiro(a), afinal, independente da oportunidade excepcional para você é importante pensar na satisfação dele e no campo de trabalho e oportunidades que ele terá na nova cidade;

– Checar a estrutura do local quanto a moradia, comércio, qualidade de vida e à cima de tudo para seu pequeno.

Para os casais, a mudança deve ser apoiada por seu companheiro(a) incondicionalmente, pois isso será importante para o bem estar do casal, onde o consenso não gerará arrependimentos e nem cobranças futuras.

Lembre-se que crianças se adaptam com muito mais facilidade a mudanças e novidades do que nós adultos e que se encantam com aprendizados, novos lugares e contato com crianças que não conhecem.

Existem oportunidades que são imperdíveis, mas uma mudança realizada com planejamento e tranquilidade será essencial e a segurança na decisão mostrará ao seu pequeno que tudo está bem e que esta nova fase será o melhor para toda família.

Acredite sempre no apoio de sua família e no amor que existe entre vocês e principalmente na sua simbiose com seu pequeno! Explique tudo para ele independentemente da idade que tenha, deixando ele acompanhar todas as etapas da mudança.

Tudo resolvido e acertado, abrace com todo seu potencial este novo desafio, arrume as malas e boa viagem!

Mãe e bebê no Cinema

Está de licença maternidade ou já cansou de ficar sozinha o dia inteiro com o bebê? O Cine Materna é um motivo e tanto para sair de casa com as crianças até nos dias frios e depressivos.

As sessões do CineMaterna proporcionam para mamães e papais um ambiente totalmente preparado para receber bebês de até 18 meses. O volume é reduzido – para os pequenos não se assustarem, os trocadores de fraldas ficam no cinema, o ar condicionado é suave, o ambiente é levemente iluminado, a sala recebe ainda um tapete especial para relaxar na primeira fila, além do café e bate papo que acontece após o filme – para troca de experiências entre os presentes. Legal, né?

Para saber se a sua cidade tem Cinema apoiador do projeto e as datas das próximas sessões basta fazer a busca pelo site: http://www.cinematerna.org.br

Em Curitiba a programação é por votação. Dá uma olhada aqui:

Screen Shot 2018-06-05 at 3.08.40 PM

Procura-se: Mãe Advogada

Se você é advogada e está repensando a carreira após a maternidade, este post é para você.

pexels-photo-534204

O escritório de advocacia SV Law, com atividades no Rio e SP,  está selecionando advogadas sêniores que estejam vivendo a experiência da maternidade para fazer parte da equipe. É o Projeto Mães Advogadas que visa traçar soluções para as mães que se encontram neste momento da carreira, adotando, por exemplo, carga horária flexível. As profissionais podem atuar em atividades como treinamento interno, produção de artigos, participação em palestras, congressos, eventos internos e outros projetos específicos.

O Projeto Mães Advogadas está em busca de profissionais com filhos de até 3 anos de idade que enxerguem propósito na prática do direito e busquem conciliar a maternidade com as atividades jurídicas. Mais informações e inscrições podem ser realizadas pelo site

 

Carreira x Filho Doente – Como lidar com esta situação?

CARREIRA X FILHO DOENTE- COMO LIDAR COM ESTA SITUAÇÃO

Imprevistos acontecem é claro, principalmente quando temos pequenos em casa! Lidar com nossos filhos doentes faz parte de nossa rotina de mães.

O que se torna complicado para nós é lidar com esta situação dentro do ambiente corporativo, pois a possibilidade de ausência nos traz a insegurança de que podemos perder nosso lugar na organização ou anular uma possibilidade de promoção ou desenvolvimento.

O fato é que seremos nós que sempre deveremos traçaremos o plano para esta situação, e temos algumas alternativas:

  • Apoio de alguém de confiança- Buscar apoio com algum familiar ou contratar alguém de confiança por alguns dias para olhar nossos pequenos é uma boa solução. Com esta solução conseguimos manter nossa rotina no trabalho e monitorar por telefone ou mensagem como estão as coisas em casa. Com este planejamento ficaremos seguras de que nossos pequenos estão sendo bem cuidados, pois estão com alguém de nossa confiança e manteremos as rotinas normalmente no trabalho;

 

  • Trabalho home office- Em algumas empresas atuar alguns dias em casa já é estabelecido, mas caso não seja o caso da organização onde atua um acordo com seu gestor será necessário. A situação deve ser explicada de maneira clara, mostrando que não existe a possibilidade de outra pessoa ficar cuidando de seu pequeno. A ideia não é deixar de trabalhar por alguns dias e sim transferir suas rotinas para a sua casa, fazendo relatórios, contatando clientes e respondendo e-mails diariamente. Este planejamento mostrará ao seu gestor sua dedicação mesmo em situações difíceis para você.

 

  • Solicitar adiantamento de dias de férias- Dependendo do que seu pequeno tiver, da gravidade, a saída é entrar em um acordo com o gestor para solicitar adiantamento dos seus dias de férias. O que está ocorrendo deverá ser explicado em detalhes, para que seja justificada sua decisão por esta opção, assim, você conseguirá dar dedicação total aos cuidados com seu pequeno com tranquilidade.

CARREIRA X FILHO DOENTE- COMO LIDAR COM ESTA SITUAÇÃO 2

Independente da estratégia definida por você, o importante é ser bem transparente com seu gestor, pois mesmo deixando alguém de confiança responsável pelos cuidados com o seu filho, poderão existir alguns momento onde você precisará se deslocar para leva-lo ao médico ou ao pronto-atendimento.

Como sempre sinalizei, ser transparente com seu gestor e sempre mostrar sua dedicação e preocupação com suas rotinas na organização é uma boa opção para manter as rotinas com sua família e a sua carreira em equilíbrio perfeito!

Tudo que falei parece ser muito obvio, porém quando estamos com nossos pequenos doentes não conseguimos planejar, nossa mente se volta 100% a eles, por isso vale a pena sempre lembrar dos passos a serem adotados!

 

 

 

ELAS no espaço

Quando morava em Houston um dos pontos mais bacanas e obrigatório para levar as visitas era o Space Center. Perdi as contas de quantas vezes fomos. Essa semana fiquei sabendo do filme ESTRELAS ALÉM DO TEMPO (tem no Netflix), que conta a história de três mulheres negras que trabalharam na NASA e foram os cérebros por trás de uma das maiores operações da História: o lançamento em órbita do astronauta John Glenn.

Até 1980, as mulheres eram figuras escondidas nos bastidores das missões da Agência Espacial Americana. Hoje, as oportunidades melhoraram e temos muitas mulheres   homenageadas no Hall da Fama dos Astronautas Americanos.

As bases da Nasa tanto em Houston quanto na Flórida oferecem o programa ‘Encontro com um Astronauta’, quando os turistas podem pegar um autógrafo e matar a curiosidade sobre a vida fora da Terra. Na semana da mulher quem estiver em Cape Canaveral tem a chance de participar do ‘Almoço com umA Astronauta’ , a Dra. Anna Fisher. Ela foi uma das seis primeiras astronautas mulheres da NASA e a primeira mãe a viajar ao espaço, além de ter se mantido na equipe de comando nos primeiros anos da construção da Estação Espacial Internacional (1996 a 2002).

unnamed-3

Dra. Anna Fisher foi a primeira Astronauta “mãe” a viajar ao espaço.

Até hoje apenas nove mulheres conquistaram o espaço na história da corrida espacial. Em 2016 a NASA presenciou outro marco quando Charlie Blackwell-Thompson foi nomeada como diretora de lançamento do Programa de Exploração de Sistemas Terrestres, se tornando a primeira mulher a ocupar o cargo no Firing Room-1 do Kennedy Space Center. Dentre as inúmeras funções, cabe à Charlie liderar e gerenciar o planejamento e execução de operações de lançamento da capsula Orion, que levará os astronautas para Marte até 2030.

Se você também quiser saber mais sobre as mulheres astronautas o site Women@NASA tem diversos vídeos e história das funcionárias. É um caminho para inspirar meninas e mulheres sobre a carreira espacial, mas também para reivindicar mudanças nas políticas que impactam o mercado de trabalho.

Fonte: TM Latin America