Mamães de Asas: viajando sem meu filho, e agora?

Mamãe de asas-viajando sem meu filho

Chega um momento da carreira da profissional que ela precisa retornar a rotina ou “abraçar” novos desafios em prol de seu desenvolvimento, eis que surge a necessidade de realizar viagens a trabalho, mas como lidar com esta situação após a maternidade?

O primeiro passo é não se sentir culpada, é lembrar que você não será nem a primeira e nem a última mãe nesta situação e que seu filho com o passar do tempo entenderá!

Muitas profissionais já viajavam bastante antes da maternidade e já estavam até acostumadas com a distância de casa, mas agora tendo seu(s) filho(s) esta rotina pode se tornar muito difícil.

O vínculo mãe e filho só se intensifica cada vez mais com o passar do tempo, e é por este motivo que as ausências ficam cada dia mais difíceis, assim como a solicitação pela presença e por mais momentos com a mamãe é maior.

Se as viagens fazem parte de sua rotina de trabalho então à única saída é se acostumar com elas! Algumas dicas são bem vindas para que estes momentos sejam menos difíceis:

Converse francamente – Independente da idade de seu filho, a conversa sincera é a melhor solução. Explique o motivo de sua ausência, mostrando que para você também será difícil ficar longe.

Mostre que retornará- Deixe bem claro que retornará! Pense em uma maneira de auxilia-lo na contagem do tempo (um calendário para ir assinalando é uma solução lúdica e que mostrará que você está chegando), para reduzir a ansiedade de seu filho! Se for pequeno, apenas mostre que voltará!

Não perca o contato– Durante o tempo que estiver ausente, contate seu filho diariamente. Atualmente existem diversas ferramentas ( celular , tablet , redes sociais ) que apoiam este contato com seu pequeno.  Caso não tenha esta possibilidade, mande ao menos uma mensagem diária no celular do seu marido ou familiar que está cuidando dele para ele escutar sua voz.

Atividades- Mamãe e Pequeno – Combine com a criança atividades para ela fazer na sua ausência. Desta maneira, ficará algo para fazerem juntos no seu retorno (desenhar no calendário, fazer um desenho para você, aprender uma história para contar, etc.). O importante é que você veja junto com a criança o que ela fez!

Organize sua ausência- Pense em quem vai leva-lo a escola e às atividades “extras”, a festinhas, encontros, enfim,  alinhe com o responsável de forma que o  seu pequeno  não saia da  rotina dele, e que suas atividades sejam mantidas dentro do possível.

Apoio da família- O carinho do pai, dos avós,  de parentes próximos deve ser potencializado na sua ausência, para que a criança sinta o menos possível e para que seu comportamento não se altere na escola ou no dia-a-dia.

Planeje algo especial– Pense em algo gostoso, intenso e diferente para fazer com seu filho em seu retorno e fique perto dele o maior tempo que conseguir, brinque, se divirta com ele!

Sei que esta rotina de viagens é complicada depois da maternidade, mas também entendo que ela seja necessária para a maioria das profissionais hoje em dia, mesmo que as ausências não sejam frequentes, um dia ela poderá acontecer e você deve estar preparada!

Mamãe de asas-viajando sem meu filho 2

O importante é sempre mostrar para o seu filho o quanto o ama e que não está o abandonando, que estas ausências fazem parte do seu trabalho e o quanto é maravilhoso voltar para casa e estar novamente ao lado dele!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s