Meditação para crianças

Meditação para crianças

Muito se ouve sobre os benefícios da meditação. E eu que sempre me perguntei se criança também poderia/conseguiria meditar fiquei animada ao ler na semana passada o blog Well Family do jornal The New York Times, que compilou uma série de pesquisas sobre o tema e dicas de técnicas de meditação para crianças.

Além do já esperado benefício de mantê-las mais calmas, a meditação para as crianças tem diversas outras vantagens, algumas surpreendentes. Crianças em fase equivalente ao nosso estudo fundamental que praticaram meditação durante um período de quatro meses, apresentaram também melhorias em funções como controle cognitivo, memória, flexibilidade cognitiva e melhores notas em matemática! Outra pesquisa mostrou as mesmas melhorias no desempenho  em matemática em alunos com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade – que também passaram a ter mais atenção e controle de impulso. E um terceiro estudo realizado com crianças do ensino fundamental na Coreia mostrou que oito semanas de meditação reduziram agressividade, ansiedade social e os níveis de estresse.

E mais: essas investigações mostram que os benefícios da meditação para crianças podem ser ainda mais significativos do que para os adultos. Isso porque o cérebro desenvolve conexões em circuitos pré-frontais de forma mais rápida na infância. Essa plasticidade extra cria potencial para a meditação ter ainda maior impacto positivo em crianças.

MAIS: Menos brinquedos, mais brincadeiras

Jillian Pransky, diretora de um centro de ioga terapêutica e mãe de uma menina de 12 anos, sugere 3 técnicas de simples de meditação para praticar em casa com as crianças:

1. Elevador. Imagine que há um elevador em seu corpo. Sentado, imagine que o andar mais alto é sua cabeça, o seguinte vai do seu peito até sua barriga e terceiro vai da barriga ao pé.

Expire e mentalmente diga três, imaginando o elevador na cabeça. Quando as portas se abrem, imagine a respiração entrando e refrescando o elevador. Na próxima expiração, mentalmente cantar “dois”. Imagine o elevador descendo para sua barriga, abra as portas e inspire. Continue para o chão, cantando “um”. Pause e sinta o elevador no andar térreo e desfrute o desembarque. Quanto mais velha a criança, mais “andares” poderão ser acrescentados ao exercício.

2. Respirar contando dedos. Este é um exercício que pode ser feito em qualquer lugar. Comece com as palmas das mãos fechadas, apoiadas no colo. A cada expiração,  levante um dedo. Inspire lentamente. Expire e levante outro dedo. Inspire e continue até que você tenha as duas palmas abertas em seu colo.

Ao expirar, você pode acrescentar um mantra como o “om” ou qualquer outro que evoque sentimentos de paz, amor, silêncio ou relaxamento.

3. Respirar fundo antes de dormir. Respire fundo pelo nariz e ao expirar, cante em voz alta: “trêeeeeeeeees”. Inspire profundamente e na próxima expiração, cante “dooooooooois”. Mais uma respiração profunda e exale cantando “uuuuuum”. Relaxe por algumas respirações e repita se desejar.

E você, pratica meditação com suas crianças? Compartilhe suas experiências nos comentários!

 

Fonte: The Mindful Child, Three Ways for Children to Try Meditation at Home

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s