Dodói de criança dói na mamãe!

Bebê doente

Vivenciar um adoecimento de uma criança, socorrê-la e depois ter que contar apenas com o tempo para a recuperação da mesma não é uma tarefa fácil para a maioria das mamães. Algumas, a maioria, se pudessem, ficariam doentes no lugar dos filhotes.

Ah! Amor de mãe ! Sentimento indescritível…

Todas as palavras de bem querer não são suficientes para definir este afeto. A ligação mãe – filho é tão intensa que já ouvi algumas vezes o seguinte comentário: – Amo tanto esta criança que chega a doer! Tal analogia amor = dor pode ser pensada no temor que se tem em perder uma criaturinha  “fabricada” dentro do corpo materno e necessitada de muitos cuidados.

O medo da perda está presente em todas as relações que são importantes para os seres humanos e por isto nos movimenta no sentido de tomar providências para evitar seu acontecimento.

E olha que os zelos e rotinas que precisam ser estabelecidos para oferecer ao pequeno que este cresça de maneira saudável emocionalmente e cronologicamente são intensos.

O olhar constante sobre a vida da criança colabora para que a “dona” desta tenha a fantasia de poder livrá-la de todo e qualquer sofrimento. Este sentimento de alerta que a relação convoca se faz necessária para que se transmita proteção, amor e reconhecimento.

Amparar os rebentos em suas dores físicas é um marcador da importância das relações afetivas na vida e têm seus desenvolvimentos ao longo de toda uma existência.

Um comentário sobre “Dodói de criança dói na mamãe!

  1. Pingback: Dodói de criança dói na mamãe! | DVH Advogados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s