Babá eletrônica: útil ou inútil?

Quem tem crianças sabe como é difícil construir o enxoval do primeiro filho. Em tempos de consumismo desenfreado, mães e pais de primeira viagem têm dificuldades enormes para tomarem boas decisões de compra em meio a listas imensas de enxoval e projetos mega sofisticados para o quarto de bebê. Mais tarde, as dúvidas continuam: por exemplo, vale a pena ter um vaporizador, um aparelho de inalação ou mesmo levar uma criança pequena para a Disney?

Quantas dúvidas! Precisa de tudo isso? Certamente não. Alguns itens são indispensáveis, outros são pequenos luxos que, mesmo não sendo absolutamente necessários, têm seu valor. E há aqueles que entram na categoria inútil total, que não farão a menor falta. Para ajudar a entender o que vale ou não o investimento, o blog Maternidade Hoje criou essa coluna: “Útil ou Inútil”. Nela, mães e pais experientes serão consultados sobre a utilidade de itens das listas de enxoval e outros que possam gerar dúvidas na hora da compra. Nosso primeiro alvo: babá eletrônica!

Maternidade Hoje, útil ou inútil

Debora Milone (eu!), mãe do Rafael, 2 anos e do Gustavo, 10 meses

Inútil: para mim, nunca foi necessário. Moro em apartamento e meus filhos dormem ao lado do meu quarto e nunca tive problemas para ouvir quando as crianças chamavam. Nos três primeiros meses de vida, o Gustavo dormia em um bercinho no meu quarto e a qualidade do meu sono era muito ruim. Qualquer mexida ou resmungadinha dele e eu já estava acordada. Acho que uma babá eletrônica teria o mesmo efeito, de me acordar quando não seria necessário. Mas acho útil para quem mora em uma casa bem grande, em um sobrado ou que a criança durma em um cômodo distante.

Daniela Roncon 1

Daniela Roncon, mãe do Bernardo, 5 anos e do Henrique, 4 meses

Útil: tenho 2 filhos e sempre tive como objetivo deixá-los dormir no quarto deles. A babá eletrônica ajuda a me sentir segura nas madrugadas, quando muitas vezes tem um resmungadinho ou uma movimentação estranha ou somente a vontade de saber se está tudo bem e não preciso levantar… Basta olhar na câmera e voltar a dormir.

Também pedimos a opinião para nossa comunidade do Facebook e o resultado é:

Maternidade Hoje, útil ou inútil, babá eletrônica

E nossa próxima avaliação é sobre Canguru! E aí, útil ou inútil? Dê sua opinião na enquete abaixo, compartilhe e se quiser contar sobre sua experiência ou sugerir outros itens para serem avaliados, deixe seu comentário, vamos adorar!

4 comentários sobre “Babá eletrônica: útil ou inútil?

  1. Adorei o post. Eu já sabia que não ia comprar, justamente pelo que você descreveu: moro em um apartamento, e ainda por cima beeeeeem pequenininho. Bebê vai dormir no meu quarto (é a única opção hahaha) e mesmo que ele esteja dormindo e eu esteja na sala, na cozinha, não importa: tudo é muito perto. Deu pra ver que os resultados são razoavelmente equilibrados, 40% acha inútil. Acho que tudo depende de onde e como você mora. Numa casa grande, eu provavelmente compraria… beijinhos!

    Curtir

  2. Opa, adorei o tema útil e inútil para o enxoval dos pequenos. É ótimo trocar experiencias, principalmente para mim, mamãe de primeira viagem! Acabei percebendo que a babá eletronica depende do local onde o bebê vai dormir, né? Beijoos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s